7 de mar de 2016

Rega tuas rosas



Ele começou o dia plantando violetas. Regou os jasmins e depois as rosas.
Aquele imenso campo verde seria, em seus pensamentos, uma mistura de cores e aromas.
Aguou seus sonhos, enxugou as lágrimas com uma toalha de esperança. Gostaria de vê-la sorrir. Apenas, apenas isso.
As plantas murcharam por um instante e os jardins se acabaram.
A vida era cega. Cega!
Tudo aconteceu depois de um desastre. E ela não viu mais as rosas.
Sua tristeza...sem fim. E um novo começo.
Ele estava ao lado. Seu lado de tudo. Era tudo!
Tudo recomeçou.
De novo. De novo!
Ele passou a vida plantando... Violetas e jasmins.
Regou as rosas do campo.
Ela sentira o perfume das flores... e de um amor.
Voltou a viver...
Rega-te teu Jardim.
Como aquele velho fez.
E pra sempre ela sorriu. E amou!