26 de mar de 2014

O contador de histórias



Em histórias contadas a gente muda o mundo. Muda as pessoas que aparecem lá e muda até as flores que se destacam nos jardins. Colocamos cores nelas, muitas cores. E as regamos conforme a nossa paciência. As flores, nas histórias, têm vida eterna e são comparadas com sentimentos, também eternos. Tudo muda com o poder de uma história.

Como aconteceu certa vez com o Senhor de terno e gravata que morava trancafiado dentro de sua enorme casa, cercada de seguranças por todos os cantos. O homem era muito sério e não dava bom dia nem ao motorista. Era sozinho, ou melhor, era casado com seu trabalho.

Ali ao lado se encontrava um garoto sonhador, metido a sabichão. Ele ficava admirado pelo tamanho daquela casa, e mais fascinado por nunca ter visto nem sequer o rosto do morador da tal mansão. Certa vez, em sua escola, uma das atividades sugeridas pela professora era descrever em detalhes o teu vizinho. O garoto nem pestanejou. E começou a escrever uma história contando em detalhes como era a vida de seu vizinho.

Mas como escrever uma história contando realmente como eram os passos do morador daquele casarão, se nem sequer passos ele dava? A imaginação do contador de histórias se aflorou, e por incrível que pareça o tal vizinho ganhou uma vida que ele sempre sonhou em ter.

O menino resolveu colocar uma cópia de sua história na caixa de correio do vizinho, com a esperança de que ele, ao ler a fábula, compreendesse o que aquelas palavras queriam dizer. O Senhor leu o que o garoto havia escrito. Então, a partir deste dia, resolveu pelo menos conhecer a sua vizinhança.

A história descrita pelo garoto dizia:
“Meu vizinho é legal, e sempre conversamos quando eu tenho tempo. Ele está sempre cercado de amigos que andam de preto, e aparece toda manhã com um sorriso no rosto andando pelas ruas do bairro. O meu vizinho me conta as suas peripécias de quando era criança e é um bom contador de histórias. Meu vizinho compra pão toda manhã e se estiver quentinho, ele da um trocado ao padeiro. Meu vizinho é legal... Mas às vezes eu acho ele meio calado, deve ser porque ele nunca leu uma história que valesse a pena.Pode ser porque ele ainda não recebeu um abraço sincero, ou talvez ele nunca regou as flores do seu jardim”.

Ao corrigir a redação do menino, a professora, que sabia onde o garoto morava e conhecia bem o homem que vivia naquela mansão, rabiscou a folha com os dizeres: “nota 10 pela imaginação...” e completou: “melhorar a letra”.

13 de mar de 2014

Palavras inéditas



Eu te procuro em meus versos
Não te encontro
Eu não vejo você em meus olhos
Não te cerco em meus dias
E te busco em solidão
Apenas sei dizer-te tudo o que desejas ouvir
E eu te amarei até os meus dias se despirem
Te encontrarei em qualquer desatino
Farei de ti a minha persistência
O meu acaso, e minhas vitórias

Tudo o que permanecer em minha vida será teu
Nem as minhas sinceridades te afligirão
Estarei em teus sonhos
Sempre
Sucessivamente
E serás o motivo de minhas sinceras palavras incomuns.

5 de mar de 2014

RITOS DE ADEUS




Sei que as pessoas boas se despedem antes de irem embora desse mundo. E de diversas maneiras elas dizem adeus aos mais próximos, e às flores do jardim e leem mais uma vez os seus livros favoritos. Talvez uma visita inesperada, um telefonema ou palavras de carinho no meio do dia se transformam em mensagens subliminares algum tempo depois. O fato é que as pessoas boas se despedem dessa vida, e sem saber.

Um sorriso valerá uma passagem só de ida e um olhar irá transformar os dois lados em um só. Quero apenas adormecer. Sincera e honestamente: adormecer em paz. E quem não quer? Pensamento positivo antes da vida se desfazer.

Nesse mundo o nosso único propósito é de ser feliz. É viver bem e em plenitude com a alegria. Assim, de diversas maneiras deixamos passar intermináveis minutos de nossos dias, chorando por aquilo que passou, ou com pensamentos negativos, que acabam se tornando reais, quando vingados com muita energia. Deixe a negatividade ir embora!

A vida não espera por você, ela passa e nem se preocupa em voltar, ela não vai voltar. É por isso que devemos ter a prioridade de ser feliz, pois, viver uma vida sem gozar a felicidade, é a mesma coisa que amar e não ser amado: não tem sentido.
Cheguei a uma conclusão, com meus pensamentos que podem ser um tanto quanto questionáveis. E coloquei em minha vida três passos para seguir ao topo da alegria, e de lá não mais sair:

Ame e perdoe! O amor é a saída, o perdão é a solução. Ame quem te ama e não quem te faz sofrer. O sofrimento por alguém que não liga para teus sinceros sentimentos não pode valer à pena. O amor requer muito mais do que sofrer por outro coração, e não existe nada mais lindo e mais feliz do que amar e ser amado. Quem ama perdoa. Perdoa o tempo e o espaço, perdoa o destino por não ter oferecido a você um sentimento tão sincero desde o começo de sua vida.

Não viva preso ao seu passado! E quando alguém te perguntar sobre ele, responda: “eu não vivo mais lá”. Passou, e se um dia teve fim, é porque não era tão eterno quanto um dia imaginou ser. Se te fez feliz, sorria. Se não te fez feliz, sorria por ter passado. Não tente competir com o museu de sua cidade. A vida não é feita de passado ruim, mas sim de boas lembranças.

Leia um livro! Livros são amigos que você não tem. Amigos que não veem a sua cara, e não ligam para seus pensamentos ideológicos, e ainda te munem de conhecimentos e ideias literárias que você não encontra em qualquer esquina. Livros constroem a sua história. A história que irá contar para seus descendentes.

Não viva em vão. Viva de uma maneira especial, para que um dia, quando você partir, todas aquelas pessoas que passaram pelo seu caminho olhem para o céu e digam: “Um dia aquela estrela me fez sorrir”.